Reforma trabalhista: Marta Suplicy e Kátia Abreu esquentam o Clima - VÍDEO

                                                                     
Marta e Kátia discutem, e Renan vê 'dia triste'
"Deveríamos nos desfiliar da OIT", disse senadora. Oposição rebate argumento de que projeto ajudará a criar empregos

São Paulo – A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado se prepara para votar, no início da tarde de hoje (20), o relatório de Ricardo Ferraço (PSDB-ES) sobre o projeto de "reforma" da legislação trabalhista. A presidenta da colegiado, Marta Suplicy (PMDB-SP), discutiu com a senadora Kátia Abreu (PMDB-TO), que sugeriu a saída de Marta. "Se a senhora está incomodada, retire-se da comissão e deixe outro em seu lugar. Trate as pessoas com respeito", disse Kátia. "Estou tratando", respondeu.