URGENTE! David Almeida usa irmão para ameaçar mulher que denunciou superfaturamento - Ouça áudio

Áudio divulgado nesta quarta-feira (16) no WhatsApp mostra uma pessoa identificada como irmão do governador interino David Almeida (PSD), Daniel Almeida, pressionando a diretora do Instituto Gente Amazônica (Igam), identificada como Maria, que denunciou o superfaturamento de 780 cirurgias no hospital Delphina Aziz.

A gravação foi divulgada um dia após o deputado Dermilson Chagas (PEN) ter denunciado  que o secretário estadual de Saúde, Vander Alves, teria pago para o Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento (Imed), que administra o hospital Delphina Aziz,  cerca de R$ 8,4 milhões por 780 cirurgias, o que dá em torno de R$ 10 mil por procedimento.

Daniel, no áudio, questiona o fato de Maria ter exposto o caso nos jornais. “O Vander (Alves, secretário de Estado da Saúde) quer brincar com coisas sérias. Eu tentei conversar. Isso não se faz. Nós temos a população morrendo e o cara tá superfaturando R$ 10 mil por cirurgia. Você acha certo isso?”, responde a empresária.