Vaza áudio de ameaças de morte feitas por réu libertado por Gilmar -OUÇA O ÁUDIO

OUÇA O ÁUDIO
                                                                       
Estadão - A Procuradoria da República pediu novamente a prisão do ex-presidente do Departamento de Transportes Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro (Detro-RJ) Rogério Onofre de Oliveira na Operação Ponto Final – que investiga a cúpula do Transporte do Rio. Em solicitação enviada nesta quarta-feira, 23, ao juiz federal Marcelo Bretas, da 7.ª Vara Federal do Rio, a força-tarefa da Operação Lava Jato afirma que ‘novos fatos’ foram levados ao Ministério Público Federal e que ‘demandam a decretação de nova prisão’.


Os fatos novos, segundo a Procuradoria, são ‘ameaças de morte’ de Rogério Onofre a outros investigados. O ex-presidente do Detro foi preso em 3 de julho.

O Ministério Público Federal narrou que às 7h desta quarta, 23, a defesa do investigado Nuno Coelho entregou aos investigadores uma mensagem e um áudio, que contém a ameaça de Onofre – supostamente feita antes de o ex-presidente do Detro ser preso.


Nuno e outro investigado, que estão custodiados, fizeram relatos à Polícia Federal sobre as supostas ameaças de Onofre. Em petição ao Ministério Público Federal nesta quarta, 23, as defesas de Nuno Coelho e de Guilherme Neves Vialle afirmam que a liberdade de Rogério Onofre é um ‘risco’.