Vídeo,Histórico feito por jornalista ,e milhares de mensagens homofóbicas dos seguidores de Bolsonaro




Nas últimas 24 horas a página do AD Junior está sendo bombardeada por racistas e homofóbicos em ataques organizados por grupos que apóiam o candidato Jair Bolsonaro.

AD Junior é empresário, jornalista e dentre os seus projetos estão sites como ListaGay, o SuperFortunas, Updescontos. Além de ser ativista da causa negra brasileira, AD Junior cobriu recentemente o encontro G20 na Alemanha e apresentou um programa para TV Alemã que vai ao ar em Outubro falando sobre o mercado de escravos no Atlântico. AD é um dos fundadores da Liga AfroBrasileira 2017- 2017, instituição que tem como objetivo almejar o avanço de pessoas de pretas e pardas no Brasil.

VEJA O VÍDEO QUE DEU INÍCIO A PERSEGUIÇÃO :


Tatiane Alves da Liga Afro-Brasileira em São Paulo, já entrou em contato com a delegacia de crimes em São Paulo e já vão levar toda a documentação necessária para que o caso seja investigado e os criminosos sejam punidos com todo rigor da lei. “Não aceitaremos somente  injúria racial. As pessoas precisam começar a ser sentenciadas pelos crimes que cometem e vamos até o fim”

O vídeo que causou a polêmica foi ao ar ontem, 19 de agosto no qual AD júnior fez um falava do CQC e como  o programa ajudou a alavancar o presidenciável a posição de destaque que ele possui atualmente.O vídeo já foi compartilhado mais de 1500 vezes e em sua maioria pessoas coordenam ataques à página do jornalista.